ECOVILLAGGIO CASTELO BRANCO ABRE AS PORTAS PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

ECOVILLAGGIO CASTELO BRANCO ABRE AS PORTAS PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS Loft Construtora recebe a visita de pesquisador da Universidade Federal de Goiás (UFG) no canteiro de obras. Ele apresentou protótipo de equipamento de proteção individual inédito que dispara um alarme quando próximo a corrente elétrica.  A equipe técnica da Loft Construtora e Incorporadora […]

capacete loft - Copia

ECOVILLAGGIO CASTELO BRANCO ABRE AS PORTAS PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS

Loft Construtora recebe a visita de pesquisador da Universidade Federal de Goiás (UFG) no canteiro de obras. Ele apresentou protótipo de equipamento de proteção individual inédito que dispara um alarme quando próximo a corrente elétrica.

capacete loft

 A equipe técnica da Loft Construtora e Incorporadora recebeu a visita do engenheiro eletricista e pesquisador parceiro da Universidade Federal de Goiás (UFG) Anderson Fabrício Cereza na obra do Residencial Ecovillaggio Castelo Branco. O engenheiro e especialista em segurança do trabalho foi apresentar o protótipo do capacete de proteção individual que ele desenvolveu para auxiliar na segurança de profissionais que trabalham com eletricidade. O equipamento, ainda em fase de teste, possui um sensor que, ao se aproximar de correntes elétricas, dispara um sinal sonoro de alerta para quem usa o acessório.

O engenheiro responsável pela construção do Ecovillaggio Castelo Branco, Rodrigo Siqueira, experimentou o capacete e deu sua opinião sobre o equipamento. “A invenção é muito interessante e traria ainda mais segurança para profissionais que trabalham diretamente com eletricidade. Mas como ainda está em fase de teste, sugerimos ajustes e adaptações como de sensibilidade. Percebemos que o sensor dispara às vezes na presença de uma lâmpada acesa, por exemplo.” Três eletricistas e o encarregado da obra também fizeram o teste com o equipamento. A equipe gostou da ideia.

Estudo realizado pela Associação Brasileira de Conscientização para perigos da Eletricidade (Abracopel) apontou que em 2014, aumentaram em 18% os casos de acidente com choque elétrico no país em comparação a 2013. De acordo com o inventor do capacete de proteção, Anderson Cereza, o projeto inédito foi desenvolvido com a intenção de reduzir o risco de acidente de trabalho causado por choque elétrico. “O protótipo e o seu sistema eletrônico está pronto, agora vamos aperfeiçoar o equipamento até chegarmos à nanotecnologia, que é produzir essa tecnologia em um chip.”

Ainda de acordo com o pesquisador, o próximo passo agora é buscar investidores para fazer do protótipo um produto para comercialização. A invenção do Capacete é um projeto vinculado a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio do Programa Incubação de Empresas (Proine), que apoia empresas de base tecnológicas. A intenção é incentivar a criação e desenvolvimento de empreendedores com potencial inovador e competitivo, além de contribuir com o desenvolvimento social e tecnológico do Estado.

Vídeo R7 TV

 

O EMPREENDIMENTO

O Residencial Ecovillaggio Castelo Branco fica no Setor Sol Nascente, Região Noroeste de Goiânia. O novo empreendimento conta com uma área de aproximadamente 10.500 m². Será composto por três torres com apartamentos de dois e três quartos, totalizando 488 unidades. O projeto contempla tecnologias sustentáveis como energia solar, coleta seletiva e reaproveitamento de água. Além do endereço tradicional e de fácil acesso, o residencial fica próximo aos futuros Parque Linear Macambira-Anicuns e Shopping Cerrado.

 

Comentários